Vacina Pentavalente x Hexavalente: você sabe qual é a diferença entre elas?

Pentavalente x Hexavalente:

As vacinas Pentavalente + Vip ou hexavalente devem fazer parte do esquema de vacinação de todas as crianças.

Mas o que difere uma vacina pentavalente de uma hexavalente, afinal? Por que as vacinas pentavalente e hexavalente são importantes?

No artigo de hoje, vamos te explicar detalhadamente. Confira na íntegra e depois tire suas dúvidas com a gente!

Antes de tudo: a vacina pentavalente é capaz de proteger contra 5 tipos de doenças. Enquanto a vacina hexavalente promove imunização contra 6 tipos. Esse é o princípio básico que irá guiar os papais através desse artigo.

A Pentavalente do posto de saúde: protege difteria, tétano, coqueluche, haemophilus Influenzae b e hepatite B. O lado ruim é que é necessária uma picadinha de VIP (poliomielite) extra, para proteger o seu filho (o que não ocorre nas redes particulares).

Outra vantagem de tomar a vacina em uma clínica particular é a redução de reações. Como a vacina da rede pública é celular, os pequenos têm mais chances de sofrerem com reações desagradáveis.

Hexavalente:  protege contra difteria, tétano, coqueluche, haemophilus Influeza b e vip e Hepatite B.

A vacina hexavalente da rede privada é uma vacina é acelular, diminuindo em até 95% as chances de reações. Vale lembrar que ela não é fornecida pelo sistema público de saúde. Nesse caso, seria necessário tomar mais de uma vacina para se proteger contra todas as doenças para as quais ela oferece imunização (das clínicas privadas).

Vacina Pentavalente

Como o próprio nome já incita, a vacina pentavalente irá prevenir cinco tipos de doenças. Por proteger contra patologias sérias, a vacina deve ser aplicada ainda no primeiro ano de vida do bebê.

Pentavalente protege contra:

  • Difteria;
  • Tétano;
  • Coqueluche;
  • Haemophilus Influenzae b;
  • Hepatite B.

O lado positivo é que ela fornece várias imunizações de uma vez só. Mas a versão hexavalente ainda acaba sendo mais indicada, porque oferece atuação sêxtupla (com uma imunização a mais) que trás ainda mais saúde, conforto e segurança para o seu filho.

Só vale lembrar que para a proteção completa contra a poliomielite, precisamos de mais uma picadinha.

Vacina Hexavalente

A vacina hexavalente é essencial para prevenir 6 doenças que podem ser muito perigosas para a saúde do bebê.

Esse tipo de vacina promove imunização para 6 subtipos diferentes de vírus, incluindo doenças como: difteria, tétano, Haemophilus B, coqueluche, poliomielite e hepatite B.

Por ser bastante completa e substituir duas picadinhas do postinho (obtendo os benefícios com uma só picada), ela é altamente recomendada.

Além da vantagem de requerer só 1 picada, a vacina da rede particular é acelular. Isso diminui em até 95% as chances de reações. É por esse motivo que os pediatras indicam que tal vacina seja feita em clínicas particulares.

E como muitas pessoas se confundem com os nomes pentavalente/hexavalente, é importantíssimo ficar bem informado.

Venha vacinar o seu filho com a gente! Somos especialistas em imunizações em Florianópolis e Palhoça e estamos prontos para atendê-los com as vacinas pentavalente e hexavalente. Faça seu orçamento na Proteger Vacinas.

 

– Informações sobre Intolerância, Alergias e Reações Adversas

Vacinas na rede pública e privada

Vacina pentavalente

Embora seja fornecida na rede pública desde 2012, a vacina pentavalente das clínicas particulares é mais bem-vinda. Isso porque ela diminui em até 95% as chances de reação, por ser acelular.

Uma grande diferença é que a pentavalente do SUS requer que a aplicação contra a poliomielite seja feita em separado, necessitando de duas picadinhas. O lado bom é que esse desconforto não ocorre na rede particular. Então, com apenas uma picadinha, os problemas estão resolvidos!

Mas qual a diferença básica entre pentavalente da rede pública x privada?

Na rede pública, além da vacina celular (chances de reação maior) e não inclusão da poliomielite. Na rede privada, contamos com a acelular (chances de reação menores) e não contém a proteção de hepatite B. Por isso a importância de sempre analisar as vacinas feitas pelo seu bebê e observar a mais indicada.

Vacina hexavalente

no caso da hexavalente, o SUS não fornece essa vacina em seu sistema público. Nesse caso, a criança precisaria tomar cerca de 2 vacinas diferenciadas para ter a mesma proteção – o que pode trazer vários efeitos indesejáveis.

Como as vacinas pentavalente e hexavalente só são encontradas em clínicas de imunização particulares, você pode contar com a equipe da Proteger Vacinas para deixar seu filho ainda mais seguro.

– É importante se vacinar mesmo em tempos de pandemia?

Como é a administração de tais vacinas?

Vacina pentavalente: além da dose inicial, recomenda-se que o reforço seja feito mais duas vezes. No SUS, requer 2 picadinhas. Na rede privada, apenas uma – trazendo menos reações. A rede pública não fornece pentavalente aos 15 meses, mas sim a vacina DPT + polio.

Vacina hexavalente: presente na rede particular, essa imunização é feita por 3 doses básicas e uma vacina pentavalente acelular.

Contraindicações para tais vacinas:

A vacina pentavalente é contraindicada para:

  • Crianças com mais de 7 anos;
  • Pessoas que possuam alergia para qualquer componente da vacina;
  • Indivíduos com encefalopatia após vacinas ou pessoas que tenham tido reações para outras doses de pentavalente (quando se tratar do reforço).

A vacina hexavalente não é recomendada para:

  • Crianças com alergias a algum dos componentes da formulação;
  • Indivíduos acima dos 7 anos de idade;
  • E aquelas que apresentaram efeitos graves após a tomada das primeiras doses – a serem avaliados por um pediatra.

Efeitos indesejáveis/reações nas vacinas pentavalente e hexavalente:

As vacinas das clínicas particulares possuem uma formulação atenuada/inativa. Isso significa que elas causam muito menos efeitos colaterais para o seu filho. Sendo muito mais amigáveis do que as imunizações fornecidas no postinho.

Por isso, as vacinas pentavalente da rede privada e hexavalente acabam sendo muito mais confortáveis e fornecem uma dose quíntupla/sêxtupla de proteção, deixando seu bebê ainda mais bem cuidado!

Ainda que a as vacinas sejam seguras e causem menos reações, alguns efeitos indesejáveis (em menores proporções) ainda podem ser notados, como:

  • Irritação;
  • Febre;
  • Diarreia;
  • Vômitos;
  • Dores locais;
  • Vermelhidão.

No caso da hexavalente, a formulação inativa (sem vírus vivo) muitas vezes nem causa reações ao pequeno. Sendo que o índice de redução de efeitos colaterais é de pelo menos 95%, o que é muito bem-vindo.

Vale a pena tomar a vacina pentavalente ou hexavalente?

Desde que o seu bebê não faça parte das contraindicações para as vacinas, com certeza vale ser protegido para as doenças envolvidas com a vacina hexavalente e pentavalente.

Ainda mais importante, a hexavalente possui amplo espectro de proteção, agindo sobre 6 vírus diferentes. Como as patologias associadas podem ser perigosas para a saúde do bebê, certamente é importante vaciná-lo.

Se você ainda tiver dúvidas sobre o assunto, é recomendado consultar a opinião do pediatra responsável ou sanar seus questionamentos com nossa equipe especialista.

Valores das vacinas em Florianópolis e Palhoça

Quer receber informações sobre os valores de cada uma das vacinas? Clique nesse link e fale conosco diretamente pelo WhatsApp.

Com mais de 10 anos de experiência na região de Floripa, prestamos serviços de qualidade ao seguir com todas as regulamentações da ANVISA. Faça-nos uma visita para conhecer a estrutura e aproveite para deixar a carteirinha de vacinação em dia. Sua família toda agradece!

Você pode gostar

A importância das vacinas Pneumo 13 e Pneumo 23

Vacine-se em casa: conheça o Atendimento Domiciliar Vacina VIP HOME

Calendário de Vacinação para Gestantes: Entenda Tudo sobre o Assunto

Vacinação: informações sobre intolerância, alergias e reações adversas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *