Saiba tudo sobre a vacina Hexavalente

A vacina Hexavalente é indicada para a imunização primária e de reforço em crianças contra difteria, tétano, pertussis (coqueluche), hepatite B, poliomielite (paralisia infantil) e Haemophilus influenzae tipo b.

Ela estimula o organismo a produzir defesas contra os agentes causadores dessas doenças para preveni-las no futuro. Em uma única picada a criança recebe essa vacina a partir de 2 meses de vida.

Do que é feita:
Trata-se de vacinas inativadas, portanto, não têm como causar doença.
DTPa-VIP-HB/HIb ( Hexa) : Além dos componentes da vacina tríplice bacteriana acelular (DTPa), contém componente da bactéria Haemophilus influenzae tipo b conjugado, vírus inativados (mortos) da poliomielite tipos 1, 2 e 3 e componente da superfície do vírus da hepatite B. A composição inclui ainda: lactose, cloreto de sódio, 2-fenoxietanol, hidróxido de alumínio e água para injeção. Pode conter traços de antibiótico (estreptomicina, neomicina e polimixina B), formaldeído e soroalbumina de origem bovina.

Indicação:
As duas vacinas são recomendadas para crianças a partir de 2 meses de idade e podem ser aplicadas até os 7 anos, sempre que seja indicada cada uma das vacinas incluídas nessas combinações.

Contraindicações:
Maiores de 7 anos.
Crianças que apresentaram encefalopatia nos sete dias seguintes à aplicação anterior de vacina contendo componente pertussis.
Anafilaxia a qualquer componente da vacina.

Esquema de doses:
Para a vacinação rotineira de crianças (aos 2, 4, 6 meses e entre 12 e 18 meses), preferir o uso da vacina quíntupla (penta) ou sêxtupla (hexa). Veja DTPa-VIP/Hib ou DTPa-VIP-HB/Hib. Para reforço entre 4 e 5 anos de idade, recomenda-se o uso de DTPa ou dTpa-VIP.

Você pode gostar

Vacina da Gripe pode proteger doenças cardíacas

Entenda a mutação do vírus da Gripe

Vacina da Gripe – O que você precisa saber?

Febre amarela – é real, perigosa e urgente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *