A importância das vacinas Pneumo 13 e Pneumo 23

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), pelo menos 1,6 milhões de mortes já foram atribuídas a pneumonia pneumocócica em todo o mundo. Dados do Ministério da Saúde Brasileiro também mostram que 8 em cada 10 mortes por pneumonia afetam o grupo dos idosos.

Com dados alarmantes como estes, surge a necessidade de falar sobre as vacinas capazes de proteger contra as doenças pneumocócicas. Por isso, a Proteger Vacinas preparou um conteúdo exclusivo para falar sobre a importância das vacinas Pneumo 13 e Pneumo 23 para você e toda a sua família.

A imunização contra tais doenças é bem-vinda não só para bebês pequenos, como também para idosos e jovens/adultos, que contam com a saúde saudável ou que sofrem com doenças secundárias.

Acompanhe o artigo na íntegra. Caso ainda tenha dúvidas, não deixe de entrar em contato conosco. Afinal: estamos aqui para atendê-lo em Palhoça, Florianópolis e Capoeiras.

– Clínica de Vacinas na Grande Florianópolis: Atendimento Proteger Vacinas

Qual é a diferença entre COVID-19, gripe e a incidência de pneumonia?

 

Muitas pessoas ficam em dúvida sobre a relação que existe entre gripe, COVID-19 e a incidência de pneumonia. Por isso, é essencial entender do que se trata cada uma delas.

Embora o novo Coronavírus e a gripe sejam infecções do trato respiratório, elas não se tratam da mesma doença. A gripe costuma mostrar quadros que incluem sintomas como espirros e nariz entupido.

Já COVID-19, a pandemia que vem assolando o mundo, costuma trazer sintomas como febre, tosse, cansaço e dificuldades respiratórias. É importante citar que: com o surgimento de novas variantes do vírus, os quadros podem se mostrar diferenciados.

Dentro disso, surge o questionamento da relação entre COVID-19 e pneumonia. Então é importante entender que uma das complicações mais graves do novo Coronavírus é a pneumonia.

A pneumonia é uma infecção que se aloja nos pulmões e que causa sérias dificuldades para respirar. Embora ela seja um dos possíveis sintomas graves do Coronavírus, existem outras causas que também levam ao desenvolvimento de infecções pneumocócicas como a pneumonia.

Nos próximos tópicos, iremos abordar as doenças pneumocócicas. Saiba como preveni-las para evitar danos para o sistema respiratório, pulmão e para a saúde – prevenindo a pneumonia e outras condições similares.

– Entenda mais sobre COVID-19, Pneumonia e Gripe.

O que são as doenças pneumocócicas?

 

Antes de falar sobre as vacinas Pneumo 13 e Pneumo 23, o primeiro passo é entender o que seriam as doenças pneumocócicas. Então, vamos lá!

O pneumococo, bactéria causadora da pneumonia pneumocócica, pode gerar quadros graves, principalmente em crianças, idosos e pacientes imunocomprometidos.

As complicações das infecções por pneumococos podem incluir:

  • Pneumonia bacteriana;
  • Sinusite;
  • Septicemia;
  • Infecção do ouvido médio;

A transmissão de tais patologias ocorre por meio de gotículas de saliva ou de muco, tornando o contágio facilitado.

Então, as vacinas pneumocócicas surgem para prevenir o corpo de tais doenças. O objetivo principal é que a imunização seja capaz de gerar anticorpos para combater o patógeno, deixando o paciente protegido.

Existem dois tipos de vacinas que são capazes de prevenir as doenças pneumocócicas: a Pneumo 13 e a Pneumo 23. Entenda tudo sobre elas logo abaixo.

– Atendimento online em nossa clínica de vacinas em Floripa: tire todas as suas dúvidas.

Entendendo tudo sobre as vacinas pneumocócicas (Pneumo 13 e 23)

 

Responsáveis por atuar de forma segura na proteção contra doenças pneumocócicas, as vacinas Pneumo 13 e Pneumo 23 são importantíssimas.

Estima-se que a vacina Pneumo 13 é capaz de prevenir cerca de 90% de patologias gravíssimas em crianças menores de 1 ano. Isso significa que a vacinação para bebês é altamente recomendada.

Considerando tamanho relevância, vamos conferir as principais perguntas sobre as vacinas anti-pneumocócicas nos próximos tópicos.

Existe vacina que previne a pneumonia?

Sim! Por sorte, existem vacinas que podem ser aplicadas contra a pneumonia. A Pneumo13 e a Pneumo23 são exemplos de vacinas que oferecem proteção para doenças meningocócicas – incluindo a pneumonia bacteriana.

Qual é a diferença entre as vacinas Pneumo 23 e Pneumo 13?

Ao falar sobre a prevenção de doenças pneumocócicas, uma das principais dúvidas é sobre a diferença entre as vacinas Pneumo 13 e Pneumo 23. Confira os detalhes sobre cada uma delas logo a seguir:

 

Informações sobre a vacina Pneumocócica conjugada 13 valente:

Como o próprio nome já indica, a vacina Pneumo 13 é responsável por prevenir 13 sorotipos de pneumococos.

A boa notícia é que a versão da vacina pneumocócica conjugada 13 valente previne cerca de 90% das doenças graves causadas por tais organismos. O que inclui, principalmente, proteção contra pneumonia, meningite e otite.

Outros benefícios da vacina pneumo 13 incluem:
  • Aumento da imunidade;
  • Fortalecimento do sistema respiratório;
  • Prevenção de infecções provenientes da bactéria pneumococo (que causa sinusite, rinite, dentre outras patologias).

 

Saiba mais sobre a vacina Pneumocócica polissacarídica 23 valente:

Mais completa, a vacina pneumocócica 23 previne contra doenças causadas por 23 tipos de Pneumococos, responsáveis pela infecção dos pulmões.

A vacina Pneumo 23 é indicada para:

  • Crianças acima de 2 anos; Adolescentes e adultos que possuam complicações secundárias* – com prescrição médica;
  • Idosos a partir de 50 anos (como aplicações de rotina).

*As principais doenças/condições que aumentam o risco para doenças pneumocócicas são: diabetes, doenças cardíacas e respiratórias graves; pacientes sem baço ou com o funcionamento comprometido desse órgão; pessoas com problemas de imunidade, entre outras condições).

Embora para pessoas acima dos 50 anos a vacina seja recomendada como de rotina, adultos e adolescentes não devem tomá-la caso estejam saudáveis e sem quadros imunocomprometidos. Por isso, a prescrição médica é altamente recomendada.

 

A Pneumo23 e a Pneumo13 são indicadas para pessoas do grupo de risco?

Sim! A Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm) recomenda que todas as pessoas com doenças secundárias ou que façam parte do grupo de risco utilizem sequencialmente a Pneumo13 e a Pneumo23. O ideal é seguir um intervalo mínimo de 2 meses (entre elas), mas as recomendações podem variar de acordo com recomendações médicas.

 

A vacina pneumocócica 13 é ofertada pelo SUS?

Somente pacientes pertencentes a grupos de risco específicos podem tomar a vacina Pneumo13 na rede pública de saúde. Os casos incluem portadores de HIV, quem passou por transplante de medula, pacientes oncológicos e outros casos de patologias secundárias liberadas recentemente.

 

O que as vacinas pneumocócicas previnem?

As vacinas pneumocócicas são capazes de fortalecer o sistema imune e prevenir doenças como pneumonia, otite e meningite. São vacinas altamente recomendadas para minimizar sintomas preocupantes em casos graves da COVID-19 – como a pneumonia bacteriana. Para adultos, as indicações incluem um grupo restrito.

 

Pandemia: vale a pena tomar a vacina contra pneumonia?

Sim! Considerando que a pneumonia bacteriana é uma complicação frequente em casos mais preocupantes de Coronavírus, certamente vale a pena tomar vacinas pneumocócicas. Tanto as doses da Pneumo13 quanto da Pneumo23 oferecem uma proteção extra para o corpo vencer complicações advindas da COVID-19.

– Conheça as principais vacinas recomendadas durante a pandemia.

 

A vacina Pneumo23 e Pneumo13 previne o Coronavírus?

Não! Tomar vacinas pneumocócicas não oferece prevenção contra a COVID-19.

No entanto, embora as vacinas pneumocócicas não protejam contra a COVID-19 em si, elas são essenciais neste período de pandemia. Pois podem ajudar a prevenir complicações graves da doença, que é o caso da pneumonia.

Certamente, é válido e extremamente recomendado se vacinar com as versões Pneumo23 e Pneumo13, já que ambas melhoram as defesas pulmonares e minimizam complicações perigosas e desagradáveis.

Enfim, vale a pena se vacinar com Pneumo13 ou Pneumo23?

Sabe-se que idosos, pessoas imunocomprometidas e com quadros de problemas cardíacos/pulmonares são mais suscetíveis a doenças pneumocócicas.

Em crianças, estima-se que a vacinação poderia evitar milhares de mortes por doenças pneumocócicas (principalmente em crianças menores de 5 anos).

Levando tais dados em consideração, é de se imaginar que a vacinação Pneumo13 e Pneumo23 seja recomendada apenas para grupos específicos. O que incluiria idosos, crianças ou pacientes em situação de risco (com sistema imunológico comprometido).

Então, surge a seguinte dúvida: todos devem tomar as vacinas Pneumo23 e Pneumo 13?

Diante do cenário atual, em que a COVID-19 é capaz de gerar danos respiratórias, as vacinas Pneumo13 e Pneumo23 são indicadas para vários indivíduos. A vacina Pneumo13, por exemplo, deve ser tomada pelos seguintes pacientes:

Quem deve tomar a vacina Pneumo13?

  • Crianças com menos de 6 anos de idade;
  • Qualquer pessoa saudável e que buscam de proteger;
  • Pacientes oncológicos (com câncer) ou com HIV/AIDS;
  • Quem passou por transplante de medula óssea ou de órgãos;
  • Pessoas maiores de 50 anos – principalmente acima dos 60.

Vale a pena lembrar que tais vacinas, que são mais completas, só estão disponíveis em Clínicas de Imunização Especializadas, assim como a Proteger Vacinas.

Se estiver com medo de sair de casa para se vacinar em plena pandemia, conte com o nosso serviço de atendimento domiciliar Vacina VIP HOME. Atendemos residências, escolas, condomínios e ambientes corporativos, respeitando o lema #fiqueemcasa.

Conte conosco para levar para você as melhores vacinas para a família!

– COVID-19 e a importância de estar com todas as vacinas em dia.

Vacina pneumocócica preço: quanto custa?

Quer saber qual é o preço da vacina Pneumo23 e Pneumo13?

 

Entre em contato conosco pelos telefones (48) 3086-7100 ou (48) 99101-5274 para fazer um orçamento.

– Preço e agendamento online para as vacinas Pneumo13 e Pneumo23

A Proteger Vacinas atua há mais de 10 anos com vacinas certificadas pela ANVISA e um atendimento humanizado.

A melhor forma de prevenir as doenças pneumocócicas (como pneumonia pneumocócica e meningite pneumocócica) é a vacinação. No momento de vacinar seu filho ou algum ente querido, garanta a escolha de uma clínica de excelência para prestar um serviço impecável para a sua família.

Atendemos em Florianópolis, Capoeiras e Palhoça, prontos para cuidar de você! Vacine-se já, proteja quem você ama!

Você pode gostar

A Clínica Proteger Vacinas inaugura uma nova unidade em Itajaí/SC

Vacinação Gripe Equipe Figueirense Futebol Clube

Vacina HPV: quem deve tomar e para que serve?

A importância da amamentação e a relação com outras vacinas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.